Quarta, 17 de Julho de 2024
  • Quarta, 17 de Julho de 2024

Taiwan detecta 26 aviões e nove navios de guerra chineses

China havia anunciado fim de manobras militares

RTP*


© Reuters/Teatro Leste do Exército de Libertação Popular/Direitos reservados

O Ministério da Defesa de Taiwan disse que detectou nesta terça-feira (11) 26 aviões e nove navios de guerra chineses em volta da ilha, um dia depois de Pequim ter anunciado o fim das suas principais manobras militares.

A China mobilizou 'aviões militares esta manhã e atravessou a linha mediana do Norte, centro e Sul', informou o Ministério da Defesa, no mesmo dia em que começa visita de uma semana de deputados canadenses ao território.

A China considera Taiwan parte do seu território, para onde os nacionalistas se refugiaram após perderem para os comunistas a guerra civil chinesa em 1949. Uma das prioridades de Pequim passa por assegurar a reunificação, pela força, se necessário.

A demonstração de força surge após a presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen, se ter encontrado na quarta-feira (5), na Califórnia, com o líder da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Kevin McCarthy, uma iniciativa à qual Pequim prometeu responder.

O Ministério da Defesa de Taiwan disse que detectou 12 navios de guerra e 91 aviões no último dia dos exercícios militares, que começaram no sábado (8).

Ontem, a presidente taiwanesa condenou os exercícios militares, afirmando que a China utiliza a relação entre Taipé e Washington como desculpa, criando instabilidade em Taiwan e na região.

'Embora o exercício militar da China tenha terminado, o nosso Exército e a equipe de segurança nacional continuarão a permanecer nos seus postos e a defender o país', disse Tsai Ing-wen em mensagem no Facebook.

*É proibida a reprodução deste conteúdo.



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.