Sexta, 19 de Julho de 2024
  • Sexta, 19 de Julho de 2024

Solurb é condenada a pagar R$ 1,2 milhão para gari que perdeu a perna após ser atropelado

Gari estava em horário serviço quando foi atropelado por motorista que invadiu pista em Campo Grande

MIDIAMAX/GABRIEL NEVES


Acidente ocorreu no ano passado. (Foto: Arquivo)

O TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) condenou a CG Solurb a pagar R$ 1,2 milhão de indenização a ex-funcionário, que trabalhava como gari e precisou amputar uma perna após ser atropelado enquanto trabalhava no bairro Carandá, em Campo Grande. O acidente ocorreu no ano passado.

A decisão é do juiz Mauricio Sabadini, da 5ª Vara Trabalhista de Campo Grande. No documento, o magistrado afirma que o trabalhador estava constantemente exposto a acidentes no ambiente de trabalho.

Além disso, Sabadini afirmou que a atividade da empresa “expõe seus empregados a risco acentuado, ao transitarem nas ruas desta Capital, muitas vezes em jornadas noturnas, extenuantes fisicamente'.

Assim, a CG Solurb foi condenada a pagar R$ 250 mil por danos morais e outros R$ 250 mil para reparação causada pelo dano estético. Do mesmo modo, a empresa deverá pagar R$ 403 mil por danos materiais e mais R$30 mil para compra de prótese mecânica.

Por fim, a empresa deverá pagar R$ 23 mil em causas processuais, chegando ao valor total de R$ 1,2 milhão.

A reportagem entrou em contato com a CG Solurb em busca de posicionamento, mas não obteve resposta. O espaço segue em aberto. Do mesmo modo, o advogado Felipe, Vinicius Pizzetta, que representa o ex-funcionário, que preferiu não se manifestar sobre o assunto.

Acidente amputou perna de gari

O acidente que terminou com a amputação da perna do funcionário ocorreu em abril do ano passado. Um motorista seguia pelas ruas do bairro na faixa do meio, quando por volta das 4 horas da madrugada invadiu a pista onde estava estacionado o caminhão de lixo e os catadores fazendo o trabalho.

À polícia, o motorista negou estar embriagado. Então, foi ouvido e liberado.

A vítima estava em cima do estribo do caminhão, quando o motorista invadiu a pista e atropelou o gari, que caiu no chão. A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros.

O motorista respondeu por lesão corporal de natureza gravíssima.



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.