Sexta, 19 de Julho de 2024
  • Sexta, 19 de Julho de 2024

Deputado vai acionar Conselho de Ética contra parlamentar do PC do B por assédio

Representação ocorre após deputada do PL alegar que foi assediada durante sessão na Câmara dos Deputados

JOVEM PAN / JOVEM PAN


Imagem publicada por Júlia Zanatta em suas redes sociais. onde mostra deputado próximo dela após sessão na Câmara dos Deputados / Reprodução/Instagram/@juliazanattasc

O deputado  Delegado Paulo Bilynskyj (PL-SP) vai acionar o Conselho de Ética contra o parlamentar Márcio Jerry (PCdoB-MA) por assédio contra a deputada federal Júlia Zanatta (PL-SC). A parlamentar denunciou o caso em suas redes sociais nesta quarta-feira, 12. Ela publicou uma imagem da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, realizado na Câmara dos Deputados, ocorrida nesta terça-feira, 11. Segundo ela, Jerry teria dado “um cheiro em seu pescoço”. “Nunca dei liberdade para esse deputado e nem sabia qual era o nome dele, mas ele se sentiu livre para chegar por trás de mim”, escreveu Júlia. Para Bilynskyj, o ato se configura como “quebra de ética e decoro parlamentar”. “Como aconteceu dentro das dependências da própria Câmara dos Deputados, é certa a competência deste Conselho de Ética para instaurar processo ético contra o Deputado Márcio Jerry (PCdoB-MA), pois os atos que denotam a quebra de decoro parlamentar foram praticados em decorrência dos abusos das prerrogativas constitucionais asseguradas pelo seu mandato eletivo”, argumentou Bilynskyj. Na visão do parlamentar, o deputado do PCdoB “abusou das prerrogativas constitucionais, ofendeu a honra e integridade da deputada, e de toda esta Casa a que pertencemos”.   Ver essa foto no Instagram   Uma publicação compartilhada por Júlia Zanatta (@juliazanattasc)

  Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Júlia Zanatta (@juliazanattasc)

O que diz Márcio Jerry

Em contato com o site da Jovem Pan, Jerry negou as acusações e alegou que a parlamentar o atacou com uma notícia falsa. O parlamentar explicou que viu a deputada discutindo com Lidice da Mata (PSB-BA) e que ela estava agindo de forma desrespeitosa com a colega. O deputado conta que se aproximou e, sem tocar nela, pediu respeito a sua aliada. Ele ainda afirmou que Júlia agiu normalmente. “Ela se voltou a mim e agiu naturalmente. Não houve tom agressivo e desrespeitoso. Seguiu conversando comigo normalmente”, disse Jerry. O deputado do Maranhão disse estar indignado e pedirá uma análise das imagens. “Me atacou com fake news. Vou até pedir perícia, pois há uma diferença no frame e a imagem que ela publicou”. Em relação a denúncia de Paulo Bilynskyj, o parlamentar disse que irá se defender e verificar de realizar uma denúncia por calúnia. Por conta do episódio, ele relata ter recebido diversas ameaças. “Tiver que apagar comentários em meus perfis nas redes sociais, contendo ameaças contra mim e minha família. As coisas mais torpes, que a deputada estimulou com uma acusação falsa. Isso é um absurdo. O vídeo mostra claramente que fui vítima de fake news”, reiterou. Ela ainda reforçou que recebeu diversas mensagens de apoio, incluindo de parlamentares do Partido Liberal (PL), sigla da qual a deputada faz parte. Leia também Deputado pede vistas e adia tramitação de MP que cria ministérios do governo Governo irá regular redes sociais em publicações sobre violência escolar

 

 



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.