Sexta, 19 de Julho de 2024
  • Sexta, 19 de Julho de 2024

[ BASTIDORES ] Horário de coletiva coincide com sessão e desagrada deputados

MIDIAMAX/DA REDAçãO


Horário de coletiva desagradou deputados

Deputados da Alems lamentaram que horário de realização de coletiva, que apresentou o pacote de ações para coibir a violência nas escolas do Estado, coincidiu com o horário de sessão. Pedro Kemp, João Henrique Catan e Paulo Correia reclamaram do horário em suas falas na tribuna e afirmaram que isso os impossibilitou de discutir o assunto.

Mais um

O superintendente de emendas parlamentares, Édio Viegas, disse em reunião com assessores parlamentares que um grupo de WhatsApp será criado para ajudar nas dúvidas que surgirem no processo de indicação de recursos. “Mais um, mas sem mensagens de bom dia', alertou.

Compensação

Pedro Kemp (PT) avaliou que os R$ 500 mil a mais nas emendas “compensam um pouco, mas não o suficiente'. Isso porque no ano passado o recurso não teria sido disponibilizado para os parlamentares devido a legislação eleitoral.

Limite

Com 60% do recurso destinado a saúde, Kemp acredita que isso dificulta o trabalho de quem tem, como ele, demanda de outras áreas. “Ele está obrigando o deputado a ajudar o governo a cumprir determinação constitucional de investir 12% [em saúde]. Isso acaba limitando um pouco'.

Visita de rotina

O ex-governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, tem feito visitas semanais na Assembleia Legislativa. Nesta manhã de quarta-feira (12), ele foi ao gabinete do Deputado Junior Mochi (MDB) e tirou fotos com crianças que estavam visitando a Casa de Leis. O parlamentar explicou que a visita foi de ‘rotina’.

Gravatas coloridas

Gravatas parecidas renderam cliques e sorrisos durante a sessão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Na manhã de quarta-feira (12), os deputados Lídio Lopes (Patriota) e João César Mattogrosso (PSDB) estavam com gravatas amarelas e a coincidência valeu registros e risadas entre os parlamentares.

Deve assumir comissões

A nova deputada de Mato Grosso do Sul, Gleice Jane (PT), que assumiu o cargo no lugar do deputado Amarildo Cruz, falecido em março deste ano, adiantou que ainda não tem certeza, mas que deve assumir as mesmas comissões da Casa de Leis que o parlamentar participava.

Em risco

O Presidente do Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso do Sul, Walter Gonçalves, usou a tribuna da Assembleia Legislativa para comentar sobre a importância do diploma dos jornalistas. Um assunto de extrema relevância para a comunicação. Apesar disso, poucos parlamentares estavam presentes durante o discurso.



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.