Sexta, 19 de Julho de 2024
  • Sexta, 19 de Julho de 2024

Governo descarta mudança no Ministério do Turismo mesmo com crise no União Brasil

Daniela Carneiro entrou com pedido no TSE para deixar a legenda sem perder o mandato; partido alega que cargo não foi negociado individualmente com ela, mas com a sigla

JOVEM PAN / JOVEM PAN


Ministra do Turismo, Daniela Carneiro, pretende deixar o partido União Brasil e se filiar ao Republicanos / Roberto Castro/Mtur - 26/01/2023

Enquanto o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue em viagem oficial pela China, a Esplanada dos Ministérios enfrenta uma crise com os impasses envolvendo o partido União Brasil. A ministra do turismo, Daniela Carneiro, anunciou que vai sair da legenda, e os colegas de partido querem que ela também deixe o ministério se realmente deixar a sigla. Daniela e outros cinco deputados federais do Rio de Janeiro do União Brasil entraram com um pedido no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para se desfiliarem sem perder seus mandatos. Eles alegaram assédio por parte da diretoria do partido e que perderam, inclusive, acesso ao diretório, o que deverá dificultar a preparação para as eleições municipais de 2024. No entanto, o União Brasil diz que o Ministério do Turismo foi negociado com a legenda, e não com a ministra individualmente.

O governo nega que pretenda fazer mudanças na pasta. O presidente em exercício, Geraldo Alckmin (PSB), minimizou as divergências. Por enquanto, o Palácio do Planalto só acompanha os desdobramentos da polêmica. Lula deve discutir a questão na próxima semana, quando voltar da China. Esta não é a primeira vez que surgem especulações sobre a saída de Daniela do cargo. No início do ano, ela foi acusada de ter ligação com milicianos do Rio de Janeiro. Como não houve confirmação, ela acabou se mantendo no posto de ministra. Além do Turismo, o União Brasil tem ainda os ministérios das Comunicações e do Desenvolvimento Regional

*Com informações da repórter Luciana Verdolin Leia também Vendas do varejo batem recorde e registram maior alta no mês de janeiro em 23 anos Lula diz que Banco dos Brics pode livrar o Brasil das 'amarras' do dólar



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.