Sexta, 19 de Julho de 2024
  • Sexta, 19 de Julho de 2024

Tuchel põe ponto final em briga entre Mané e Sané no Bayern: "Está resolvido"

Atacante senegalês foi afastado por um jogo e recebeu multa após soco em companheiro

GLOBOESPORTE.COM / REDAçãO DO GE


Sané, do Bayern de Munique, cobre rosto após supostamente levar um soco de Sadio Mané

O técnico Thomas Tuchel comentou os desdobramentos do soco que Sadio Mané aplicou em Leroy Sané após a derrota do Bayern de Munique para o Manchester City, na Champions League. O treinador alemão afirmou que a situação está resolvida.

- Está resolvido. Um jogo e uma multa são as consequências do que aconteceu. A maneira como os dois jogadores envolvidos lidaram com isso, a maneira como os outros jogadores lidaram com isso, teve um efeito de limpeza. Tivemos um clima positivo ontem e hoje - disse Tuchel.

+ Vídeo mostra Sané cobrindo rosto após suposto soco de Mané

O treinador também saiu em defesa de Sadio Mané. Segundo Thomas Tuchel, o jogador é um "profissional absoluto" e reconheceu seu erro.

- Estou aqui para defender o Mané. Eu o conheço há muito tempo e só o conheço como um profissional absoluto. Eu também conheço sua comitiva. Ele nunca foi culpado de nada. Foi contra o código de conduta, ele reconheceu e pediu desculpas - concluiu.

Mané teria ficado insatisfeito com a forma que Sané falou com ele em determinado momento do jogo e acabou dando um soco no colega de Bayern após a partida. Segundo a imprensa alemã, eles tiveram que ser separados pelos outros jogadores no vestiário.

Como punição, Mané fica de fora do jogo do Bayern de Munique contra o Hoffenheim, neste sábado, pelo Campeonato Alemão. Em nota oficial, o clube também afirmou que o jogador será multado.



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.