Terça, 16 de Abril de 2024
  • Terça, 16 de Abril de 2024

Saiba quem são as duas mulheres que atuarão na nova gestão de Mato Grosso do Sul

Até o momento, o governador eleito Eduardo Riedel (PSDB) anunciou as advogadas Ana Carolina Nardes e Ana Carolina Ali Garcia

CORREIO DO ESTADO / BIANKA MACÁRIO


Ana Carolina Nardes e Ana Carolina Ali Garcia - Gerson Oliveira

O governador eleito Eduardo Riedel (PSDB) anunciou os primeiros nomes que irão compor sua equipe na gestão que inicia em 1º de janeiro. Dentre os anunciados, as mulheres, a advogada Ana Carolina Araújo Nardes continua na Secretaria de Administração e Desburocratização (SAD) e na Procuradoria-Geral do Estado de Mato Grosso do Sul continua a advogada Ana Carolina Ali Garcia.

Natural de Foz do Iguaçu, Ana Nardes, veio para Mato Grosso do Sul, após o casamento com um sul-mato-grossense que desejava retornar para o Estado. Graduada em Direito, pós-graduada em Direito Público, atuou desde a formação com foco em órgãos públicos, como a Polícia Federal, na Presidência da República, coordenando o setor de compras e contratos. 

No primeiro ano da gestão do atual governador Reinaldo Azambuja (PSDB), foi convidada a integrar a equipe e atuou no cargo de Assessora Jurídica da Secretaria de Estado de Governo (Segov).

'Recebi um convite do Reinaldo para integrar o governo, mas para trabalhar especificamente com Eduardo Riedel, onde fiquei como assessora de toda a parte do gabinete dele durante os primeiros quatro anos de mandato', disse a secretária em conversa com o Correio do Estado.

Nesse período gerenciou dois grandes projetos como o da Transparência e Censo Previdenciário. 'Depois disso fui integrando algumas ações do Estado e o governador me convidou no primeiro ano do segundo mandato para assumir a área de compras e licitações do Estado'. 

Em 2020, estava à frente da Secretaria o deputado estadual eleito Roberto Hashioka (União Brasil), que na época deixou o cargo para se candidatar à prefeitura de Nova Andradina. Foi então que Ana Nardes foi convidada a assumir. 

No momento do anúncio, na tarde de terça-feira (13), a secretária falou sobre os desafios da pasta. 'É uma pasta significativa, é a área mais robusta que nós temos no Estado. Para o novo mandato, esperamos trabalhar em conjunto com os órgãos de controle e trazer o plano de governo para que possamos cumprir. É uma área muito atrelada com a PGE, na luta de procedimentos mais coerentes e realizando todas as análises jurídicas dos nossos processos', disse.

Procuradoria

A frente da Procuradoria-Geral do Estado, permanece a procuradora do Estado (advogada pública) Ana Carolina Ali Garcia, graduada em Direito, pós-graduada em Direito Tributário e MBA em Parcerias Público-Privadas e Concessões. 

Ana Ali ingressou em 2005 na Procuradoria. Entre 2008 e 2014, atuou no Gabinete da Procuradoria-Geral do Estado como Chefe da Procuradoria de Assessoria ao Gabinete. Já entre 2015 e 2016, estava na Chefia da Coordenadoria Jurídica da Secretaria de Estado de Educação. 

Ainda em 2016, passou a chefiar a Coordenadoria Jurídica da Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica e em 2018, assumiu a Consultoria Legislativa do Estado (Conleg).

O governador Reinaldo Azambuja empossou Ana Carolina Ali Garcia como Procuradora-Geral do Estado de Mato Grosso do Sul em março deste ano e com isso, se tornou a segunda mulher a ocupar o cargo, substituindo Fabíola Marquetti. 

'Me encorajo com a oportunidade de compartilhar a minha história, a minha experiência, os passos até aqui, por acreditar que eu posso contribuir, impulsionar, o desenvolvimento pessoal, social e econômico de outras mulheres. Um lema para mim é que a mudança, a concretização de uma jornada mais participativa começa em nós mesmos', disse Ana Ali.

A procuradora entende que ocupando um espaço público, é a oportunidade de representar outras mulheres. 'Nós, nos espaços públicos que ocupamos, representamos muitas vozes. E eu tento ser a voz de outras mulheres que pela sua história, seu perfil, sua realidade não estão ali, mas precisam ser ouvidas, entendidas'. 



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.