Quarta, 24 de Abril de 2024
  • Quarta, 24 de Abril de 2024

Final contra a Argentina é "tira-teima" para Mbappé após críticas ao futebol sul-americano

Em maio, camisa 10 francês irritou colegas de time e adversários ao dizer que o nível das seleções da América do Sul estava abaixo das europeias

GLOBOESPORTE.COM / REDAçãO DO GE


Kylian Mbappe antes de França x Marrocos — Foto: REUTERS/Molly Darlington

O tempo é senhor da razão, ensina a sabedoria popular. E o astro francês Kylian Mbappé terá a chance de confirmar o ditado na final da Copa do Mundo, domingo, às 12h (horário de Brasília), contra a Argentina. Para o bem ou para o mal.

O craque do Paris Saint-Germain, que passou quase a totalidade dos seus 23 anos de vida vendo seleções europeias vencendo as últimas cinco Copas e dominando o futebol também entre clubes, levantou uma polêmica em maio, ao dizer que as seleções do continente não estavam "no mesmo nível das europeias".

- A vantagem que nós temos aqui é que sempre jogamos partidas de alto nível. Temos a Nations League, por exemplo. Quando a gente chega na Copa do Mundo estamos prontos. Por isso que quando você olha para as últimas Copas, sempre são os europeus que ganham - declarou Mbappé na época.

+ Análise: França mostra que tem geração para marcar uma era no futebol

+ Mbappé ou Messi? Até jogadores da França se dividem sobre quem é melhor do mundo

Na época, muitos jogadores sul-americanos demonstraram seu descontentamento com a opinião de Mbappé. Entre eles, Lionel Messi, seu companheiro no Paris Saint-Germain e agora rival na final da Copa.

- Muitas vezes falamos sobre isso na Espanha. Quando voltávamos de uma Eliminatória, dizíamos a eles: 'vocês não sabem como seria difícil para vocês se classificarem para a Copa do Mundo se tivessem que ir jogar lá'. Colômbia, a altitude, o calor, a Venezuela... Todos eles têm uma condição diferente que torna tudo muito mais difícil e, fora isso, são grandes equipes, com grandes jogadores. O futebol está cada dia mais equilibrado, seja qual for o adversário - disse Messi na ocasião, em entrevista a uma TV argentina.

+ Messi x Mbappé: francês já destruiu contra argentino e o tirou de Copa do Mundo e Champions

Quem também fez questão de responder a Mbappé foi o seu ex-colega de PSG Ángel di María. Após a Argentina conquistar o título da Finalíssima sobre a Itália, em junho, o meia argentino relembrou a declaração do francês sobre o nível do futebol sul-americano.

- Muito se falou por conta do que disse Mbappé, mas acho que devemos jogar na América do Sul contra as equipes que estão lá. Eles (europeus) jogam constantemente entre eles aqui. Acredito que hoje demonstramos que estamos à altura dos times europeus.

"Panelinha" sul-americana no PSG

A declaração polêmica dada em maio não foi o primeiro ruído na relação de Mbappé com o futebol sul-americano. Segundo a imprensa francesa, existe um "racha" no elenco, que opõe Neymar e Mbappé, e o que eles chamam de "panela sul-americana" no grupo. Na Copa do Catar, chamaou a atenção a visita que o camisa 10 francês fez antes da semifinal ao lateral marroquino Achraf Hakimi, talvez seu amigo mais próximo no PSG. O clube parisiense teve quatro sul-americanos na Copa: o costarriqenho Keylor Navas, os brasileiros Marquinhos e Neymar e o argentino Messi.

Na declaração que levantou a polêmica, Mbappé destacou apenas Brasil e Argentina como as equipes sul-americanas em condições de rivalizar com o Velho Continente. Mas, para "azar" do craque, ele colocou a seleção brasileira à frente da Argentina. Agora, Messi e seus companheiros terão a chance de responder em campo como está o nível do futebol sul-americano, e especialmente argentino, em relação aos europeus.



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.