Terça, 16 de Abril de 2024
  • Terça, 16 de Abril de 2024

Bem-vindo a Rosário, cidade em que o passado de Messi é turismo

Primeira casa, campinho da infância, escola, escolinha do Newell's e até local do primeiro encontro com Antonella viram pontos turísticos do craque argentino em sua terra natal

GLOBOESPORTE.COM / RODRIGO LOIS


Mural de Messi em La Bajada: " De outra galáxia, e de nosso bairro" — Foto: Divulgação / Secretaria de Turismo de Rosário

Lionel Messi viveu em Rosário até os 13 anos de idade, depois foi para Barcelona e o resto é história. Mas o passado breve do craque, ainda menino, na capital da província de Santa Fé, foi o suficiente para produzir uma série de pontos turísticos na cidade.

A escola onde estudou, o bairro onde morou, o clube onde começou. O local onde conheceu a futura esposa Antonella Roccuzzo, murais em sua homenagem e um museu com espaço dedicado a ele. O "Circuito Messi" estreou em dezembro de 2019 e conta com mais de dez pontos turísticos.

Tudo com entrada grátis.

— O perfil mais típico do turista aqui procura a pesca, entretenimento no cassino, vinícolas, navegação pelo rio Paraná, e circuitos culturais e arquitetônicos. O Circuito Messi está tendo grande demanda, com visita à primeira casa, a escola, o campinho... — comentou María Eugenia Díaz, secretária da Associação de Agências de Viagens de Rosário.

A secretaria de esporte e turismo de Rosário informou que não tem uma média de visitantes anuais. Por outro lado, disse que o Circuito Messi lidera em consultas no aplicativo de turismo da cidade, e o número de downloads do app cresceu neste último mês (o mesmo da Copa do Mundo). Ao todo, foram 245 mil downloads neste ano.

Mais notícias sobre a Argentina: + Como formação tática faz Messi correr menos e decidir mais + Messi ou Mbappé? A final da Copa e a escolha de melhor do mundo + Mbappé destruiu nos dois duelos contra Messi; relembre

Um dos locais mais visitados é a Escola 66/C – Las Heras, uma instituição pública que Lionel Messi frequentou durante oito anos, da primeira à sétima série. O menino tímido e franzino dentro de sala de aula brilhava com a bola no recreio.

+ Confira as últimas notícias sobre a seleção da Argentina

Em 2015, por iniciativa da Fundação Messi, a escola ganhou um mural em homenagem ao craque, com uma imagem dele com a camisa da Argentina. Imagem que teve uma pincelada brasileira, literalmente.

— Foi uma homenagem ao Messi depois da Copa de 2014. Foi incrível ir lá. Levei uns quatro dias, pintei na mão com pincel, e a secagem levou mais do que deveria por causa da chuva. Dos meus trabalhos, é um dos que eu gosto mais. Da execução, do acabamento. Tenho um carinho muito grande por ter ido para lá, sou fã do Messi, acho ele incrível. Torço para ele ganhar a Copa — contou o artista Paulo Consentino, ao ge.

Consentino é de Santos e fez diversas obras nos muros do CT Rei Pelé e para Neymar em seu Instituto, assim como trabalhos sobre Johan Cruyff em Amsterdã e Luis Suárez em Montevidéu.

+ Confira a tabela da Copa do Mundo de 2022

Apesar de ter saído cedo de Rosário, Messi mantém fortes laços com o local. Costuma visitar a cidade nas férias, construiu uma mansão de três lotes numa região próxima, tem outras propriedades e desenvolve projetos sociais por lá.

Acompanhe ao vivo a final da Copa do Mundo entre Argentina e França, no próximo domingo, às 12h (de Brasília), na TV Globo, no SporTV, no ge e no Globoplay.



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.