Terça, 21 de Maio de 2024
  • Terça, 21 de Maio de 2024

Pedrinho se emociona ao apresentar projeto da reforma de São Januário

Presidente disse que desejo é iniciar as obras em dezembro; saiba os próximos passos

GLOBOESPORTE.COM / BRUNO MURITO


Pedrinho diz que deseja iniciar reforma de São Januário em dezembro

A primeira audiência pública na Câmara dos Vereadores sobre a reforma de São Januário aconteceu na manhã desta quarta-feira. O presidente do Vasco, Pedrinho, se emocionou ao apresentar o projeto de reforma e disse que o desejo é iniciar as obras em dezembro deste ano. (Veja no fim da matéria detalhes do projeto)

- Tenho sido chato, inconveniente para que a gente consiga assinar o potencial obviamente passando por todos os processos o mais rapidamente possível, sem promessas, porque isso depende muito dos trâmites naturais. Se tudo correr dentro de uma normalidade e das perspectivas, se iniciar a obra em dezembro. Isso é um desejo. Pode acontecer? Pode, porque tudo está caminhando de forma muito positiva e é um sonho realizado se isso acontecer.

Pedrinho chegou a se emocionar quando discurso durante a audiência pública.

- Eu já vi esse projeto algumas vezes e, de verdade, foi a única vez que me emocionei com ele sendo apresentado aqui agora. Eu cheguei no clube aos seis anos de idade e muitas vezes eu dormi embaixo da arquibancada. Meu pai trabalhou como motorista de caminhão de lixo. Tenho a oportunidade de realmente enfrentar esse projeto e fazer com que saia do papel e que a gente entregue um estádio à altura do torcedor vascaíno e respeitando o estádio histórico de São Januário - comentou Pedrinho antes de completar:

Este foi um passo importante no andamento do projeto de lei sobre o potencial construtivo do estádio. A audiência contou com a presença do presidente Pedrinho e com representantes de secretarias do governo e vereadores.

+ Álvaro Pacheco só deve chegar ao Vasco na próxima semana + "Treinador do povo" e corajoso: saiba mais sobre Álvaro Pacheco

As audiências públicas são fundamentais para o andamento no projeto na Câmara dos Vereadores. Para ser tramitado, o projeto de lei da reforma de São Januário precisa das audiências, da entrega do parecer em conjunto das comissões técnicas — que ainda não aconteceu — e, a partir disso, vai ao Plenário.

No processo de votação, o projeto pode receber emendas parlamentares, ou seja, propostas de mudanças no texto, que também são votadas. Se aprovado, segue para sanção ou veto do Prefeito.

Projeto de reforma de São Januário:

Capacidade total: 47.383 torcedoresArquibancada em pé: 32.743 (69% do estádio)Área do terreno: 63.082,29m2Área construída: 379.531,84m2Custo da construção: R$ 506 milhões

O vereador Alexandre Isquierdo disse que a 777 Partners não tem "absolutamente nenhum poder sobre a instituição e sobre o estádio". Segundo ele, o benefício será dado aos torcedores do Vasco, aos moradores do Rio de Janeiro e à toda cidade.

Outra pessoa a discursar foi Vânia Rodrigues, presidente da Associação dos Moradores da Barreira do Vasco. Ela relembrou a relação dos vascaínos com os moradores da região e a história do Vasco com os Camisas Negras.

- Eu não posso deixar de cumprimentar a torcida. Porque é a torcida que está junto com a favela. É a torcida que, nos dias bons e nos dias ruins, eu posso falar que eu conto com essa torcida. Porque no momento em que a favela estava alagada, moradores perdendo tudo, eu pude contar com a torcida. A torcida que arregaçou a manga e falou assim: "Nós não somos só torcedores, nós somos Barreira do Vasco".

- Eu falo que é o início de uma luta, mas como favela eu amo lutar. Eu digo que eu acho que era para ter nascido há 100 anos, para fazer parte dos Camisas Negras. Porque eu me vejo nessa luta. Porque eu falo que eles começaram o que hoje nós estamos dando continuidade. E eles começaram a construir uma luta de que a igualdade tem que prevalecer.

Nesta quinta-feira, às 14h, acontecerá uma reunião técnica fechada na Sala das Comissões entre vereadores e membros da Prefeitura para entender melhor o projeto de reforma do estádio de São Januário, além do nível de consenso que existe na Câmara sobre ele.

Estão previstas ainda outras duas audiências públicas: uma em São Januário e outra na Barra da Tijuca, zona receptora do potencial construtivo. As datas ainda não foram oficialmente marcadas, mas existe uma tendência de que a primeira ocorra ao final de maio e a outra no início de junho.

+ ✅Clique aqui para seguir o novo canal ge Vasco no WhatsApp

+ Leia mais notícias do Vasco

O plano de reforma é baseado no que foi desenvolvido pela WTorre na gestão do ex-presidente Alexandre Campello, realizado pelo arquiteto Sérgio Dias. A capacidade seria para aproximadamente 48 mil torcedores. No entanto, o Vasco pode fazer ajustes no projeto, caso queira, mas precisa respeitar algumas limitações do que já foi aprovado pela prefeitura.

Veja detalhes do projeto

🎧 Ouça o podcast GE Vasco 🎧

Assista tudo sobre o Vasco no ge, na Globo e no SporTV:



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.