Terça, 21 de Maio de 2024
  • Terça, 21 de Maio de 2024

Fim do VAR na Premier League será decidido em votação pelos clubes

Wolverhampton apresenta sugestão de acabar com o árbitro de vídeo já a partir da próxima temporada

GLOBOESPORTE.COM / REDAçãO DO GE


O que explica a força mental do Real Madrid na Champions? Gringolândia debate

Os 20 clubes da Premier League vão decidir em uma votação, marcada para 6 de junho, na assembleia anual da competição, se querem continuar com o VAR na competição ou abolir o uso da ferramenta, implantada em 2019 na elite do futebol inglês.

A sugestão de encerrar o uso do árbitro de vídeo foi feita pelo Wolverhampton, 13º colocado no atual Campeonato Inglês.

Manchester City e Arsenal disputam o título inglês na última rodada; veja a tabela

O clube argumenta que o VAR foi criado "de boa fé", mas gerou "numerosas consequências negativas não intencionais que estão prejudicando a relação entre torcedores e o futebol".

"O preço que nós pagamos por um pequeno aumento na precisão (da arbitragem) está em desacordo com o espírito do nosso jogo", completou o clube, segundo reportagem no site da BBC.

Ainda de acordo com o veículo inglês, a Premier League afirmou que tem "conhecimento das preocupações" em relação ao VAR mas "apoia totalmente" a tecnologia e continuará trabalhando junto com a associação de árbitros ingleses em busca de melhorias.

Em fevereiro deste ano, a Premier League reconheceu que o VAR estava "longe de estar bom", especialmente no tempo gasto para as decisões e os critérios usados pelos árbitros, e prometeu empenho em alcançar níveis satisfatórios de desempenho da tecnologia.



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.