Terça, 25 de Junho de 2024
  • Terça, 25 de Junho de 2024

TRE-MS adia pela terceira vez julgamento do prefeito Marcelo Iunes em ação que investiga compra de votos

Marcelo Iunes (PSDB) e servidores são alvos de denúncia da Procuradoria Regional Eleitoral

MIDIAMAX/THALYA GODOY


Marcelo Iunes é prefeito de Corumbá (PSDB). (Reprodução Redes Sociais)

O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) adiou pela terceira vez o julgamento de denúncia contra o prefeito de Corumbá, Marcelo Aguilar Iunes (PSDB).

A ação movida pela Procuradoria Regional Eleitoral denuncia Iunes, o assessor Marconi de Souza Júnior e a servidora técnica de Saúde Mariluce Gonçalves Leão. A suspeita é de compra de votos nas eleições municipais de 2020 para que o tucano conquistasse a reeleição. 

O início do julgamento estava marcado para 4 de junho, foi transferido para a sessão plenária da última segunda-feira (10) e, posteriormente, para a desta terça-feira (11). 

Contudo, novamente, como ocorreu em 4 de junho, a apreciação foi adiada a pedido do relator, o juiz José Eduardo Chemin Cury. 

“O presente julgamento está sendo adiado para a sessão do dia 18 do corrente por indicação do relator', afirmou o desembargador e presidente do TRE-MS, Paschoal Carmello Leandro, na sessão de hoje. 

Fale com o Midiamax

Tem alguma denúncia, flagrante, reclamação ou sugestão de pauta para o Jornal Midiamax? Envie direto para nossos jornalistas pelo WhatsApp (67) 99207-4330. Acima de tudo, o sigilo é garantido por lei.

Acompanhe nossas atualizações no Facebook, Instagram e Tiktok.



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.