Terça, 16 de Abril de 2024
  • Terça, 16 de Abril de 2024

Veículo mais caro tributado no Mato Grosso do Sul custa R$ 2,7 milhões

A Ferrari Portofino foi tributada em R$ 81.005,40

CORREIO DO ESTADO / ALANIS NETTO, DA REDAçãO


Reprodução

O veículo mais caro tributado em Mato Grosso do Sul é uma Ferrari Portofino, avaliada com valor venal de R$ 2.700.180,00, com IPVA de R$ 81.005,40, o maior do estado. 

Este é o segundo IPVA mais caro do país, atrás apenas da Lamborghini Huracan, no Estado do Paraná, com IPVA calculado em R$ 91.190,78. Caso o carro mais caro do mundo, um Rolls-Royce Boat Tail, de U$ 28 milhões, convertido em moeda nacional R$ 131.054.000,00, fosse tributado, o valor da taxa seria de R$ 5,2 milhões.

O que é IPVA?

O Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) é um tributo estadual cobrado anualmente de todos os proprietários de automóveis. 

Apesar de muitos contribuintes acreditarem que os recursos arrecadados com o pagamento do tributo são destinados exclusivamente para manutenção de ruas e estradas, o aproveitamento vai muito além. De acordo com o secretário de Fazenda, Luiz Renato Adler, os recursos do IPVA são revertidos em melhorias para os cidadãos.

A Constituição Federal (CF) estabelece que “aos Estados compete instituir impostos sobre a propriedade de veículos automotores, definindo suas alíquotas”. 

A CF também estabelece que “50% do total arrecadado pelo Estado deve ser revertido para o município em que o veículo está registrado”. Assim, metade dos recursos arrecadados com o IPVA na verdade são utilizados na manutenção das cidades.

“O recolhimento do IPVA é anual e o valor arrecadado é rateado entre Estado e municípios onde os veículos são licenciados, e o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). A arrecadação é distribuída de forma igualitária: 50% destinado ao Estado e 50% para os municípios. O dinheiro vai para uma conta única, no caso o Tesouro do Estado e dos municípios, para atender às necessidades da população em saúde, educação, infraestrutura e outros, de acordo com o estabelecido no orçamento anual, no plano plurianual e nas diretrizes orçamentárias”, explicou Adler.

Como calcular o IPVA?

Por meio de uma equação bastante simples é possível fazer o cálculo do valor do IPVA: Valor venal X alíquota = IPVA. O valor venal é um parâmetro que as instituições públicas usam para estabelecer o preço de mercado de bens materiais. No caso do IPVA, é utilizado a tabela Fipe como base para seminovos e a nota fiscal como indicador de automóveis 0 km.

Já a alíquota é a porcentagem de imposto cobrada sobre o valor do bem. No Brasil, cada Estado tem uma alíquota de tributo diferente. Portanto, podemos concluir que o preço do IPVA depende de dois fatores: o valor do veículo e alíquota cobrada na região de emplacamento.

No MS, o IPVA é calculado com base no preço médio discriminado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Assim, é possível afirmar que o valor dos veículos é de responsabilidade dos revendedores, não cabendo ao Governo tabelar preços.

A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, criada em 1973 para apoiar o Departamento de Economia da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (USP). Já a Tabela Fipe é um indicador mensal que mensura o preço médio de motos, carros, utilitários pequenos, caminhões e micro-ônibus de diversas montadoras.

A Tabela Fipe expressa preços médios de veículos no mercado nacional, servindo como um parâmetro para negociações ou avaliações. De acordo com a Fundação, os preços efetivamente praticados variam em função da região, conservação, cor, acessórios ou qualquer outro fator que possa influenciar as condições de oferta e procura por um veículo específico.

O ano do veículo refere-se ao ano do modelo e não são considerados veículos para uso profissional ou especial. Sobre os valores, a Fipe explica que são expressos em R$ (reais) do ano de referência.

A Fipe disponibiliza consulta pública ao preço médio de veículos, sendo necessário consultar o modelo desejado na página oficial da internet www.fipe.org.br  .

Clique aqui e confira como a Fipe realiza o cálculo.

Clique aqui para ver a tabela publicada para 2023 pelo Governo do MS.

Como consultar o IPVA 2023?

Caso você ainda não tenha recebido o carnê do IPVA 2023 é possível consultar os valores pela internet, no portal de autoatendimento da Sefaz . Por meio dele é possível imprimir carnês para pagamento do tributo, sanar dúvidas, conferir autenticidade do boleto, locais de pagamento, entre outros.  



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.