Quarta, 24 de Abril de 2024
  • Quarta, 24 de Abril de 2024

Deschamps diz que França chega sem grandes preocupações à decisão

Técnico francês afirma não temer apoio da torcida argentina no estádio

AGêNCIA BRASIL


© Reuters/Gareth Bumstead/Direitos Reservados

O técnico da França, o ex-jogador Didier Deschamps, afirmou, em entrevista coletiva neste sábado (17), que chega à final da Copa do Catar contra a Argentina sem grandes preocupações, mas com o claro objetivo de conquistar o título. As equipes se enfrentam, a partir das 12h (horário do Brasília) do próximo domingo (18) no Estádio de Lusail.

“Não tenho preocupações, não tenho stress, o importante na preparação para um jogo destes é manter a calma. Qualquer final, ainda mais de uma Copa do Mundo, inclui a partida, mas também um contexto particular. O objetivo é conseguir mais um título, vamos fazer de tudo para conseguir o que queremos', declarou o treinador, que também levou a França ao título mundial em 2018, na Rússia.

Porém, Deschamps sabe que terá um desafio extra na final do próximo domingo, o apoio dos apaixonados torcedores argentinos no estádio (milhares de torcedores chegaram ao Catar nos últimos dias para acompanharem a decisão): “Estou ciente de que esta seleção argentina tem um apoio popular muito forte. Obviamente, o estádio amanhã será majoritariamente de torcedores argentinos. Espero um clima festivo, os argentinos são um povo apaixonado, totalmente a favor de sua equipe. Dá uma atmosfera festiva, positiva, eles cantam muito, são muito expressivos. É bom ter esse clima para uma partida dessas porque é uma final de Copa do Mundo, mas nossos adversários não estão nas arquibancadas, os únicos que temos estarão em campo'.

Já o capitão da França, o goleiro Hugo Lloris, falou do apoio que a equipe argentina tem recebido de torcedores de outros países por causa do craque Lionel Messi, que provavelmente fará a última apresentação pela seleção da Argentina: “Faremos tudo e daremos tudo para sairmos vitoriosos desta batalha final. Sabemos o que Leo Messi representa na história do nosso esporte, mas acima de tudo será uma partida entre a seleção francesa e a seleção argentina. Existem jogadores de futebol adversários muito bons, com um estado de espírito real. Eles são grandes concorrentes. Tem tudo para ser um grande jogo'.

Edição: Fábio Lisboa



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.