Sábado, 13 de Abril de 2024
  • Sábado, 13 de Abril de 2024

Desde 1998, Croácia tem mais pódios em Copas do que Brasil e outras cinco campeãs do mundo

Seleção croata faz a festa com o bronze e já acumula mais sucessos recentes que grandes seleções

GLOBOESPORTE.COM / BRUNO MURITO


Seleção da Croácia comemora medalha de bronze na Copa — Foto: Reuters

A Croácia venceu Marrocos por 2 a 1 e ficou com o terceiro lugar da Copa do Mundo de 2022. A seleção croata, com isso, conquistou a terceira medalha em Copas em toda a história do país.

Desde 1998, quando começou a disputar o torneio de forma independente, são duas medalhas de bronze e uma de prata - somando mais pódios que seis campeãs do mundo, incluindo o Brasil.

- A Croácia não é um milagre que acontece a cada 20 anos, eles deveriam nos ver como uma superpotência no futebol - disse Modric, após o fim da partida.

Leia mais sobre a Croácia: + Técnico da Croácia celebra terceiro lugar na Copa: "Bronze que vale ouro" + A ópera de Modric: camisa 10 conduz Croácia em adeus e entra na galeria dos grandes nas Copas

A seleção croata comemorou bastante a medalha de bronze. Os jogadores invadiram o gramado após o apito final e fizeram a festa após o fim da partida. Alguns pontos em Zagreb, capital da Croácia, estavam lotados de torcedores comemorando o resultado.

Logo na primeira participação no Mundial, a Croácia ficou com o terceiro lugar em 1998, com Suker de artilheiro - feito que repetiu nesta edição, somando mais um bronze. Em 2018, na Copa da Rússia, a seleção croata surpreendeu ao chegar na final, mas ficou com o vice-campeonato.

De 1998 para cá, o Brasil, por exemplo, só ficou entre os três primeiros colocados duas vezes. O vice para a França em 98 e o título em 2002 em cima da Alemanha. Das campeãs do mundo, somente a Alemanha e a França têm mais medalhas que a Croácia nos últimos 24 anos.

Veja também: + Veja a festa dos jogadores e torcedores da Croácia na conquista do terceiro lugar da Copa + Central do Apito: Salvio vê pênalti não marcado para a Croácia

Mais medalhas desde 1998

França - 4 medalhas (dois títulos, um vice e a final de 2022)Alemanha - 4 medalhas (um título, um vice e dois bronzes)Croácia - 3 medalhas (um vice e dois bronzes)Brasil - 2 medalhas (um título e um vice)Argentina - 2 medalhas (um vice e a final de 2022)Holanda - 2 medalhas (um vice e um bronze)Espanha e Itália - 1 medalha (um título)Bélgica e Turquia - 1 medalha (um bronze)

Outras seleções campeãs mundiais como Inglaterra e Uruguai não ficaram entre as três primeiras em nenhuma oportunidade desde 1998. Portugal, por exemplo, tem duas semifinais em toda a história. A seleção croata, desde a primeira participação, chegou a três semis.

A Croácia fazia parte da antiga Iugoslávia, que se fragmentou em outros seis países: Eslovênia, Bósnia-Herzegóvina, Sérvia, Montenegro, Macedônia do Norte e Kosovo. Vale ressaltar que a seleção croata, nas seis edições em Copas, tem mais medalhas que a antiga Iugoslávia em todas as outras 16 edições que participou.

Iugoslávia (1930 até 1998) - duas semifinais Croácia (1998 até 2022) - três semifinais e três medalhas



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.