Sexta, 12 de Abril de 2024
  • Sexta, 12 de Abril de 2024

Ucrânia abate drones em ataque russo a Kiev

EUA analisam possibilidade de enviar defesa aérea

REUTERS*


© REUTERS/Gleb Garanich/Direitos Reservados

Forças ucranianas derrubaram 13 drones nesta quarta-feira (14), disseram autoridades, enquanto a Rússia lançava seu primeiro grande ataque com drones na capital em semanas. Os Estados Unidos analisam a possibilidade de enviar seu avançado sistema de defesa aérea Patriot para ajudar a Ucrânia.

O prefeito de Kiev, Vitali Klitschko, disse que explosões abalaram o distrito central de Shevchenkivskyi e que dois prédios administrativos foram danificados. Um alerta de ataque aéreo foi suspenso três horas após o início.

Serhii Popko, chefe da administração militar da cidade de Kiev, informou que 13 drones foram destruídos.

Em um distrito de Kiev, os moradores disseram ter ouvido o som de um drone Shahed iraniano - conhecido como 'ciclomotores' pelos ucranianos por causa do zumbido alto -, seguido por forte explosão em um prédio próximo às suas casas.

'Eu estava na cozinha - ouvi tudo - ouvi o zumbido e corri para o banheiro', disse Yana, de 39 anos, que se preparava para o trabalho.

Algumas das janelas de prédios residenciais próximos foram quebradas. Pedaços do telhado estavam espalhados na neve junto com tijolos e outros detritos. Moradores chocados, agasalhados contra o frio, inspecionavam os danos.

Eles disseram que ninguém parecia ter sido ferido.

A Rússia, que invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro o que chama de 'operação militar especial' para 'desnazificar' o país vizinho, desencadeou bombardeios de mísseis contra infraestrutura de energia desde outubro. A operadora de rede da Ucrânia disse que as instalações de energia não sofreram nenhum dano no ataque de hoje.

O porta-voz da força aérea ucraniana, Yuriy Ihnat, disse que o ataque foi deliberadamente programado para quando estava escuro, a fim de tornar mais difícil abater os drones.

'As defesas aéreas funcionaram bem', disse ele. 'Treze [drones] foram abatidos.'

'Muito bem, estou orgulhoso', disse o presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy em breve mensagem de vídeo, elogiando os sistemas de defesa aérea que, segundo ele, parecem ter derrubado todos os drones.

A Ucrânia já recebeu sistemas de defesa aérea do Ocidente, inclusive dos Estados Unidos (EUA). O Patriot é considerado um dos mais avançados.

Autoridades norte-americanas disseram à Reuters que um anúncio sobre a decisão de fornecer o sistema pode ocorrer nesta quinta-feira. O Patriot geralmente é escasso, com aliados ao redor do mundo competindo por ele.

O Kremlin afirmou que os sistemas de defesa antimísseis Patriot dos EUA seriam alvo legítimo para ataques russos contra a Ucrânia, caso os Estados Unidos autorizem a entrega deles para apoiar Kiev.

*É proibida a reprodução deste conteúdo.



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.