Sábado, 13 de Abril de 2024
  • Sábado, 13 de Abril de 2024

Argentina tem inflação fora de controle, mas taxa de desemprego menor do que a da França

Seleções que duelam neste domingo pelo título da Copa do Mundo têm disputa acirrada no desempenho recente dos principais indicadores econômicos

R7 / ECONOMIA | DO R7


O confronto entre França e Argentina pela final da Copa do Mundo de 2022 promete ser disputado no gramado do estádio Lusail, em Doha, no Catar. Na área econômica, o desempenho dos dois países também chama atenção, com diferenças significativas no desempenho recente dos principais indicadores. Confira alguns deles nas próximas fotos

Lance! Galerias

Inflação A alta dos preços que já assola as famílias argentinas há alguns anos também fica evidente na disputa contra a França. No acumulado dos 12 meses finalizados em novembro, a inflação dos hermanos foi de 92.4%, contra alta de 6,2% na França

Eric Gaillard//File Photo/Reuters - 7.6.2022

Juros Principal ferramenta monetária para controlar os preços, a taxa básica de juros na Argentina é de 75% ao ano. Já na França, que integra a zona do euro, o indicador figura em 2,5% ao ano

AP

PIB Quando o assunto é o crescimento econômico recente, a Argentine leva a melhor, com variação de 5,9% do PIB no terceiro trimestre, contra alta de apenas 1% da França. No ano passado, marcado pela recuperação após o primeiro ano da pandemia, os países avançaram, respectivamente, 10,3% e 6,8%

Starline/Freepik

Produção Apesar do recente desempenho econômico melhor dos hermanos, é a França que aparece como a sétima economia mais rica do mundo, com um PIB (Produto Interno Bruto) total de US$ 2,9 trilhões. Na Argentina, a soma de bens e produtos finais produzidos é de US$ 490 bilhões, 27ª maior do mundo

pixabay

Desemprego A Argentina tem 6,9% dos trabalhadores em busca por uma colocação profissional, nível 0,2 ponto percentual da atual taxa de desemprego na França (7,1%). Cabe ressaltar, no entanto, que os dados são calculados com base nas normas da OIT (Organização Internacional do Trabalho) e não contabilizam quem desistiu de procurar por trabalho

Wikimedia Commons

Moeda A disparidade também é grande entre os dois países que disputam a final da Copa, com cada peso argentino cotado atualmente por R$ 0,031, enquanto o euro vale R$ 5,62. Na conversão entre as moedas das duas seleções, os argentinos precisam desembolsar 182,69 pesos para comprar um euro

Getty Images



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.