Quarta, 17 de Julho de 2024
  • Quarta, 17 de Julho de 2024

Contraste de jogadas e papel de Messi e Mbappé: veja o raio-x dos gols de Argentina e França

Final da Copa do Mundo marca o duelo de dois dos ataques mais positivos da Copa do Mundo

GLOBOESPORTE.COM / JOãO GUERRA E ROBERTO MALESON


— Foto: Infoesporte

Argentina e França protagonizam o encontro dos principais goleadores do Mundial e marcam o duelo de dois dos ataques mais positivos da Copa do Mundo neste domingo, às 12h, na grande decisão. Mas como foram construídos os gols marcados e sofridos pelas duas seleções? E qual é o tamanho do papel de Messi e Mbappé para suas respectivas equipes? O Espião Estatístico preparou um raio-x de todos os gols envolvendo as duas seleções na competição.

Melhor ataque da Copa, ao lado da Inglaterra, os franceses anotaram todos os seus 13 gols com bola rolando. A equipe comandada por Didier Deschamps é quem mais balançou as redes a partir de jogadas aéreas entre todas as 32 seleções do Mundial. Foram cinco gols até aqui - o que representa 38,4% do total.

Os argentinos, por outro lado, acumulam 12 gols na Copa do Mundo, sendo oito com bola rolando e quatro a partir de bola parada. Em contraste com o adversário, o time de Lionel Scaloni usa muito pouco o jogo aéreo para finalizar. É apenas a 20ª seleção com mais arremates pelo alto na Copa, com 13. Todos os gols dos hermanos foram construídos a partir de jogadas rasteiras.

+ Favoritismos da Copa #7: veja chances de vitória na final e na disputa do terceiro lugar do Catar

O papel decisivo de Messi e Mbappé

Em sua despedida das Copas, Lionel Messi acumula atuações de gala no Catar e é peça-chave para a Argentina chegar tão longe no Mundial. Além de dividir a artilharia com Mbappé, com cinco gols, o craque argentino também é o principal garçom da Copa, ao lado de Bruno Fernandes, Griezmann e Harry Kane, com três assistências.

Ainda participou indiretamente do primeiro gol de Julián Álvarez contra a Croácia, ao iniciar a jogada do contra-ataque. Ou seja, Messi teve influência em nove dos 12 gols argentinos - o que representa 75% do total.

+ Messi, Mbappé, Julián Álvarez e Giroud: veja raio-x dos artilheiros finalistas da Copa do Mundo

Mbappé, por sua vez, teve ação direta em sete dos 13 gols da França no Mundial. Foram cinco gols e duas assistências. Além disso, houve mais três com participação indireta do craque (dois gols que surgiram após finalização do jogador contra Marrocos e o passe para Rabiot antes da assistência do volante para gol de Giroud contra a Austrália). Ou seja, o camisa 10 teve influência em dez dos 13 gols: 77% dos gols.

Uma pequena análise da concentração de jogadas dos franceses também evidencia a importância de Mbappé. O atacante aparece com maior frequência pelo lado esquerdo do ataque - setor onde saíram as finalizações de oito gols do ataque francês. Foram outros quatro pelo lado direito e apenas um pelo centro. Na Argentina, os gols foram mais distribuídos: cinco pela direita, quatro pelo meio e três pela esquerda.

Companheiros de clube no Paris Saint-Germain, os jogadores também lideram outras estatísticas relevantes no Mundial. Os dois são os líderes isolados de finalizações na competição. Em seis jogos, o argentino acumula 27 arremates (média de 4,5 por partida), contra 24 do francês (média de 4,0). Eles também são os atletas com mais dribles certos na Copa - 15 para Messi e 14 de Mbappé.

E os gols sofridos?

Argentina e França foram vazadas cinco vezes cada na competição. Os franceses sofreram três gols em bolas paradas (dois pênaltis e uma cobrança de escanteio) e apenas dois gols com bola rolando. A equipe de Deschamps levou dois gols a partir de jogadas aéreas (40% do total).

Os argentinos, por outro lado, sofreram todos os gols com bola rolando. Assim como a França, o time de Lionel Scaloni também foi vazado duas vezes a partir de bolas aéreas. Um detalhe interessante sobre a defesa dos hermanos é que quatro das cinco finalizações que balançaram as redes para o adversário aconteceram pelo lado esquerdo de ataque - justamente o lado onde Mbappé mais se faz presente. Em todos esses gols, o lateral-direito Molina esteve em campo.

A grande decisão da Copa do Mundo entre França e Argentina acontece no próximo domingo, no estádio Lusail, às 12h (de Brasília). A partida tem transmissão da TV Globo, sportv e ge.



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.