Terça, 16 de Abril de 2024
  • Terça, 16 de Abril de 2024

Instável, semana deve ter pancadas de chuva; há chances pontuais de temporal e granizo em todo MS

Condições devem se alterar somente a partir da próxima quarta-feira

CORREIO DO ESTADO / ALISON SILVA


Condições devem ser similares até o meio da semana - Foto: Gerson Oliveira / Correio do Estado

Os prognósticos do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) indicam que a instabilidade climática deste fim de semana deve seguir em todo Mato Grosso do Sul.

De acordo com o meteorologista Olivio Bahia, os próximos dias devem contar com um volume considerável de pancadas de chuva, com chances pontuais de temporal e granizo em todo o Estado.

Conforme o profissional, os municípios sul-mato-grossenses próximos ao Paraguai e a Bolívia estão, neste momento, mais propensos a sofrerem com estas condições de tempo. 

Bahia destacou que ao longo deste domingo (18), pancadas de chuva podem preencher todo MS, e que  condições similares devem persistir, pelo menos até a  próxima terça-feira (20).

Conforme o Inmet, as condições deste domingo para Campo Grande devem ser de tempo abafado e quente, com chances de chuva - sem grandes quedas de temperatura - ao longo de todo o dia.

Os termômetros devem marcar mínimas de 20ºC e máximas de até 30 º C, condições que se estendem até, pelo menos, a próxima quarta-feira (21).

Em Dourados, as condições do início da semana apontam para mínimas entre 18ºC e 20 º C, ao passo que as máximas ficam entre 28ºC e 30ºC, condições próximas às de Ponta Porã.

O município na fronteira com o Paraguai deve ter um início de semana com inúmeras pancadas de chuva, mínimas de 20ºC e máximas entre 29ºC e 30ºC. 

Olivio Bahia destacou que em Corumbá, município próximo a Bolivia, a mínima fica entre 19ºC e 20ºC ao passo que a máxima pode chegar até os 36ºC. Para Bahia, a região deve contar com intenso calor e tempo abafado a partir do meio da semana. 

As projeções indicam que as condições de tempo devem se alternar de fato entre a próxima quarta-feira (21) e a quinta-feira (22). De acordo com o meteorologista, neste período, as chances de chuva se deslocam para a região norte de MS. 

Em Costa Rica, município próximo da divisa com Goiás, os indicadores apontam máximas de 28ºC e mínimas de 19ºC, mesmo com ventos fracos, chuvas isoladas devem atingir a região, condições similares às de Cassilândia, onde a mínima deve se manter entre 20ºC e as máximas devem chegar aos 28ºC. 

Segundo o meteorologista, a umidade relativa do ar deve ser boa e sem grandes quedas em todo MS.

Assine o Correio do Estado



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.