Terça, 16 de Abril de 2024
  • Terça, 16 de Abril de 2024

Soja em tempos de La Niña em MS

Ouça seu Podcast semanal do Correio Rural na voz de Bruno Blecher

CORREIO DO ESTADO / DENIS


Podcast Correio Rural

Soja em tempos de La Niña em Mato Grosso do Sul.   Segundo a agência americana oceânica e atmosférica, conhecida como pela sigla NOAA.

A previsão indica continuidade da La Niña no trimestre de dezembro, janeiro, fevereiro.   Além disso, a previsão probalística indica a manutenção da La Niña pelo menos até o trimestre de janeiro, fevereiro, março de dois mil e vinte e três.

E posteriormente, entrando numa fase de neutralidade mesmo o modelo indicando condições favoráveis pra chuvas abaixo da média histórica devido a atuação do La Niña é possível que em partes do Estado possa ocorrer excessos de chuva devido a fatores de outras escalas de tempo uma foi observar nos últimos meses, isso tá no boletim Casa Rural da Famasul.

As condições de tempo, de acordo com os dados observados, o Instituto Nacional de Meteorologia, a previsão indica que as chuvas ficarão quarenta a sessenta por cento abaixo da média histórica para as regiões Centro-Oeste, Sudoeste e Pantanal de Mato Grosso do Sul.

Nas regiões do extremo norte, bolsão e extremo sul do estado, as indicações que as chuvas ficarão trinta e cinco a cinquenta por cento acima da média climatológica para o período de dezembro, janeiro e fevereiro de dois mil e vinte e dois, dois mil e vinte e três a maioria das chuvas no Istadu de Mato Grosso do Sul está ocorrendo de forma isolada, essa condição permite uma grande variação na precipitação acumulada, a casos que a variação está ocorrendo dentro da propriedade caracterizando diferentes qualidades de plantio.

As informações são da Famasul.

O boletim da Casa Rural traz mais informações a safra de soja no estado de Mato Grosso do Sul.

A área de soja no estado deverá ser dois vírgula cinco por cento superior em relação à safra passada. Alcançando três vírgula oito milhões de hectares.

Mas mesmo assim ele está abaixo da média de crescimento de sete por cento.

Isso devido principalmente aos preços elevados fertilizantes.

A produtividade estimada pra essa safra é de cinquenta e três vírgula quarenta e quatro sacas por hectare uma média que tá dentro do potencial produtivo das últimas cinco safras.

A expectativa é de produção de doze vírgula três milhões de toneladas de soja.

No custo de produção desse dessa safra divulgado pela Aprosoja Mato Grosso do Sul.

O fertilizante representa vinte e cinco vírgula quarenta e nove por cento das despesas. Essas são informações da Famasul Burlerim Casa Rural.   Em relação às exportações de agrícolas de Mato Grosso do Sul no período janeiro a novembro desse ano o grande destaque aqui que a gente vê aqui pelos números da Cemagro é o milho em grão, o milho em grão deu uma receita aí de oitocentos e vinte e sete milhões de dólares seiscentos e sessenta e sete por cento a mais do que no período anterior.

A exportação saiu de quinhentos e oitenta e cinco mil toneladas no na temporada passada para dois vírgula oito milhões de toneladas de janeiro a novembro desse ano é muita coisa, né gente?

Mas vamos aos outros números da exportação de Mato Grosso do Sul, soja em grão que aparece em primeiro lugar, é o produto mais exportado pelo Estado rendeu dois vírgula zero vinte e cinco bilhão de dólares.

Nesse período de janeiro a novembro desse ano. Vinte e seis vírgula sete por cento do total exportado em termos de valor no estado mas com uma diminuição aí de oito vírgula cinquenta e sete por cento em relação ao mesmo período do ano passado.

Em relação ao volume houve uma diminuição de trinta e um por cento. O segundo produto da pauta de Mato Grosso do do Sul agro é a celulose, com um vírgula três, oito, cinco bilhão de dólares que dá dezoito vírgula vinte e quatro por cento da participação com diminuição e valor aí de zero vírgula setenta e um por cento, não não é significativa relação a janeiro de novembro de dois mil e vinte e um.

Terceiro, produto mais exportado é a carne de bovinos e outros produtos com um vírgula sete cento e quinze bilhão um crescimento bem razoável aí de trinta por cento esse ano em valor.

Em termos de distinu né? Se a gente for viver os destinos as pra onde vai as exportações do estado  houve uma concentração pra China, né? Que é trinta e seis vírgula setenta e nove por cento do valor total das exportações em janeiro, de janeiro a novembro desse ano vieram da China.

Os países com maior aumento na participação foram o Japão um grande aumento aí quatrocentus e quarenta e três por cento Irã trezentos e vinte e quatro por cento a concentração nos dez maiores destinos de exportação passou de setenta vírgula dois por cento a setenta vírgula quarenta e um por cento quer dizer muito pouco se comparado ao mesmo ao mesmo período de dois mil e vinte e um.   Agora, o principal município exportador do estado nesse período de janeiro a novembro de dois mil e vinte e dois foi Três Lagoas. Com trinta e um vírgula quarenta e oito por cento dos valores exportados.   Foi basicamente por causa da da indústria de papel em celulose. 



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.