Terça, 16 de Abril de 2024
  • Terça, 16 de Abril de 2024

Trabalhador é esmagado por pilha de tábuas em marcenaria e morre

Hudson da Luz Silva, 27 anos estava trabalhando no local e morreu antes do socorro chegar

ANA PAULA CHUVA E DAYENE PAZ / CAMPO GRANDE NEWS


Equipes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros no local onde trabalhador morreu. (Foto: Dayene Paz)

Trabalhador morreu na tarde desta segunda-feira (19) após ser esmagado por uma pilha de tábuas em uma marcenaria no Bairro Nova Lima, em Campo Grande. O rapaz identificado como Hudson da Luz Silva, 27 anos, sofreu um afundamento de crânio.

Ao Campo Grande News, a socorrista e vizinha do local, Carmem Lúcia Monteiro disse que estava chegando em casa quando escutou os os gritos. Ela pensou ser briga e quando saiu encontrou o rapaz já esmagado pela pilha de tábuas.

“Ele estava esmagado na parede. Nós viramos colocamos ele no chão e viramos para não se engasgar. Mas nós constatamos que ele já estava morto. Afundou a face dele, não dava nem para tentar massagem cardíaca. Um outro funcionário machucou a orelha só', disse a mulher.

Equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada, mas quando chegaram o rapaz já estava morto. Polícia Militar e a família de Eduardo também estão no local que fica no cruzamento das ruas Silvério Faustino e Leonardo Nunes.

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros, Dermival Caldeira, o rapaz sofreu um traumatismo craniano grave e não houve tempo de socorro. Além dele, um adolescente de 15 anos, também foi atingido.

'Ele sofreu um corte contuso na orelha, mas está fora de perigo. Foi socorrido e levado para a Santa Casa. Nós não sabemos se ele também estava trabalhando no local, mas nenhum dos dois usava equipamentos de proteção', afirmou Dermival.



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.